segunda-feira, 8 de setembro de 2008

LAGOS 2008


Bons momentos, sim. Agora, apenas restam as fotografias e as memórias desses luminosos dias. E, mesmo sem saber, sem me aperceber, deixam saudade. Saudade de cada riso, cada gargalhada. Saudade do mar, do sol, do bom tempo que invadia as nossas almas jovens e libertas. E não posso deixar de admitir que será difícil algum dia me esquecer de tais acontecimentos. Sigo cada passo meu, cada lembrança me faz sentir uma leve dor no peito; algo que falta, que ficou lá e que não volta.

Os dias passam, o tempo muda, mas as amizades ficam marcadas, uma por uma, e cada uma. Fica no ar a magia daquelas noites de Verão, daquele ambiente que nos rodeava. Sinto-me na obrigação de agradecer a quem fez parte deste pedacinho de mim, deste pequeno e sincero capítulo da minha vida.


Obrigada a todos :)
Rita f.