quinta-feira, 1 de julho de 2010

Dia R


Faz impressão como o tempo passa. Como desliza tão suavemente por nós, sem sequer nos darmos conta do tictac incessante que a nossa vida segue. De repente, vemo-nos com o mundo nas mãos, sem saber como nem porquê, com a tarefa de desenhar o nosso próprio caminho. Perdidos em geometrias, paralelismos, simetrias, acabamos por desviar a linha, pisamos os obstáculos, e sim, erramos, caímos, lutamos.

Vivemos em constante aprendizagem, limamos as nossas falhas, afastamos os nossos erros, lutamos por aquilo que realmente dá um rumo à nossa vida. Crescemos com as desilusões, as injustiças, as tristezas, e levantamos a cabeça para um caminho sempre a direito. Tomamos o nosso pequeno lugar no mundo, marcamos pela diferença, pelos defeitos e virtudes, por aquilo que fomos, aquilo que somos e aquilo que seremos.

E é por aqueles e com aqueles que nos rodeiam e que nos acompanham nesta caminhada incerta, que aprendemos a ser alguém melhor, dia após dia. Sincero obrigada, por todos os sorrisos, as lágrimas, os gritos, as zangas, as gargalhadas, que me proporcionam e que tornam cada dia diferente.


HOJE É O DIA :)

This is my life
Since 92

Rita f.