terça-feira, 3 de junho de 2008

Caminhos de pedra

Pelas escadas de pedra vou,
e conto os degraus.
Cabelo ao vento, criança sou,
em caminhos maus.

O céu de chuva que não voltou,
torna o ar deserto.
Contando os degraus já gastos nos cantos,
olho o céu aberto.
Foto tirada no Alentejo, em 2008
Rita f.

1 comentário:

Maria S. disse...

QUE ORGULHO QUE EU TENHO em ti, bitch! :')

A sério. Tens mesmo potencial. És uma futura poetisa de sucesso. Lembra-te dos nossos momentos na AMSC quando eu te pedir um autógrafo e tu não souberes quem sou. :P Sim, porque eu vou pedir-te um autógrafo logo no lançamento da primeira edição do teu livro.

Beijinhos para a poetisa
da sua fã nº 1 (UNO / UM / ONE)
Maria