terça-feira, 8 de setembro de 2009

Lembrar o esquecimento


Sentimento apagado que só traz dor
às lágrimas que não têm preço
num rosto que não tem cor.

Memórias que percorrem meio mundo parado
num sopro de voz rouca
que gritou triste fado.

As luzes apagam a sombra que marcou
os passos de quem ainda vive e quem cá ficou.

Só a melodia continua a soar naquele mundo sem chão,
onde de amor vive quem ainda tem coração.


(...)
Cleaning (...)

Rita f.

2 comentários:

Bells disse...

Um poema lindo,mas um pouco triste.
Tenho que confessar que no fim de o ler fiquei mto emocionada. =')
Escreves lindamente meu anjo!
ADORO-TE...

Maria disse...

Futura poetisa de sucesso. :)