terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Balanço profundo


Mal consigo acreditar no que ouvi. Mal consigo interpretar as ideias que na minha mente se foram construindo e desligando, vezes e vezes sem conta. Torna-se tudo tão confuso e dramático para que o possa assimilar!

Às vezes a vida prega-nos partidas. Faz-nos rasteiras, de mil e uma maneiras, e temos sempre que saber como nos levantar e voltar a erguer a cabeça, para uma caminhada sem fim, até ao fim. Não é desistir, não é desanimar. Essa não é a melhor opção! Lutar, sim, é!

*
Chuva escura do destino,
negro caminho incerto.
Sentimento descontente,
gota de água do deserto.

Fatal vida sem rumo,
sorriso cortado no fumo.
Face sem cor, sem retorno.
No abismo do transtorno.


Em honra a uma vida conhecida,
que hoje a todos nos pregou uma partida.
Rita f.

8 comentários:

P i i ♥ disse...

Sempre que nos seja possivel, e tenhamos força para tal, lutaremos (:

Ser oculto disse...

É bom ter essa força, mas nem sempre é fácil.. Este texto é dos que mais dão para reflectir..
Adorei mesmo, principalmente o poema..
Obrigado pelas palavras, obrigado por escreveres e, principalmente..
Força! Sempre que precisares podes contar comigo..

Beijo,
Ser Oculto

André disse...

Obrigado mesmo pela tua opinião :) Os teus comentários são, sem dúvida, um conjunto de frases fascinantes, a par dos teus poemas :)

Então, este, está muito bom.

Ah, e sobre as ilusões xD, já me cansei delas mas mesmo assim uma pessoa continua a viver nelas, Beijinho

Nuno disse...

:)

Luís disse...

lutar, what else.

Débora. disse...

amei completa mete o teu blog :$
e a tua linda melodia *-*

Joana disse...

Acredita, nem sempre é fácil lutar contra certas coisas da vida, mas se formos espertos, sabemos que o sol volta, tal como o amanhã e as nuvens negras não se mantêm para sempre!

Débora. disse...

obrigada querida :$
Mia rose, tem cançoes lindas. e é claro que podes seguir.